Instância

Em programação orientada a objetos, chama-se instância de uma classe, um objeto cujo comportamento e estado são definidos pela classe. O uso da palavra “Instância” pode ter sido inspirado no inglês; tal palavra significa “caso” ou “exemplo” em inglês, instance, e é igualmente usada da mesma forma A palavra inglesa origina-se, contudo, do francês instance, que vem do latim instantia (origem direta da palavra instância no português), mesma palavra que também deu origem, por exemplo, à palavra instante’.’ Portanto, considerar tal termo um anglicismo depende da interpretação deste fenômeno lingüístico.

As instâncias de uma classe compartilham o mesmo conjunto de atributos, embora sejam diferentes quanto ao conteúdo desses atributos. Por exemplo, a classe “Empregado” descreve os atributos comuns a todas as instâncias da classe “Empregado”. Os objetos dessa classe podem ser semelhantes, mas variam em atributos tais como “nome” e “salário”. A descrição da classe contém os itens correspondentes a esses atributos e define as operações ou ações relevantes para a classe, tais como “aumento de salário” ou “mudança do número de telefone”. Pode-se então falar sobre uma instância com o nome “Joana Coelho” e outra com o nome “Maria José”.

Instância é a concretização de uma classe. Em termos intuitivos, uma classe é como um “molde” que gera instâncias de um certo tipo; um objeto é algo que existe fisicamente e que foi “moldado” na classe.

Assim, em programação orientada a objetos, a palavra “instanciar” significa criar. Um objeto pode variar de diversas maneiras. Cada variação realizada desse objeto é uma instância de sua classe. Cada vez que um processo é executado, é uma instância de alguns programas. Ou seja, é um membro de uma determinada classe que especificou valores em vez de variáveis. Em um contexto que não seja de programação, você pode pensar em “cachorro” como um tipo e seu cão específico como uma instância dessa classe. Quando falamos em “instanciar um objeto”, criamos fisicamente uma representação concreta da classe. Por exemplo: “animal” é uma classe ou um molde; “cachorro” é uma instância de “animal” e apesar de carregar todas as características do molde de “animal”, é completamente independente de outras instâncias de “animal”.

Exemplo em C#:

// Classe
class Animal
{
   // Atributo
   protected string especie;

   // Construtor
   public Animal(string especie)
   {
      this.especie = especie;
   }

   // Execução
   static void Main(string[] args)
   {
      // Instâncias
      Animal cachorro = new Animal("Canis lupus familiaris");
      Animal gato = new Animal("Felis catus");
      Animal lobo = new Animal("Canis lupus");
   }
}

Fonte: https://pt.wikipedia.org/wiki/Inst%C3%A2ncia_(ci%C3%AAncia_da_computa%C3%A7%C3%A3o)

Deixe uma resposta